GRIP: Combat Racing com NVIDIA Ansel e Highlights já está disponível

Por Mike Herauf ligado 10 de Dezembro de 2018 | Indie Games Featured Stories

Boas festas a todos! Com as férias de verão chegando, é um momento perfeito para curtir as horas livres para jogar alguns games indie. Esperamos que você tenha tido a chance de dar uma olhada nos games que destacamos no mês passado: Distance, Planet Alpha, Phantom Doctrine e Graveyard Keeper. Se tiver alguns games que gostaria que destacássemos, deixe um comentário abaixo.

Neste mês, vamos nos concentrar em GRIP: Combat Racing, do desenvolvedor indie Caged Element.

GRIP: Combat Racing
Distribuidor: Wired Productions
Desenvolvedor: Caged Element

GRIP: Combat Racing é um sucessor espiritual para o clássico game de console Rollcage. Assim como Rollcage, os jogadores dirigem carros de corrida futuristas de alta velocidade misturados com uma trilha sonora impressionante e intensa.

A história é bem simples – você é um corredor de rua ilegal dirigindo em pistas espalhadas pela galáxia, competindo contra outros pilotos para vencer a todo custo. As corridas acontecem em diferentes planetas por toda a galáxia, o que adiciona uma variedade muito boa ao game, já que cada pista tem um estilo único. Elas são muito bonitas.

A corrida fica rápida. Muito rápida. Os jogadores dirigem a passos frenéticos, às vezes até a 800 km/h, enquanto tentam evitar outros corredores e obstáculos ambientais na pista. O que é realmente divertido é a habilidade de dirigir nas paredes e nos tetos. Quando você colide com paredes em games de corrida típicos, você cai. Em GRIP: Combat Racing, você simplesmente dirige pelas paredes. Isso pode ser desorientador no começo, mas você se acostuma rapidamente.

Você pode usar isso a seu favor, já que pode ultrapassar outros pilotos enquanto dirige pela parede ou no teto. Mas os outros pilotos também podem fazer a mesma coisa, então às vezes você se encontra bem atrás na corrida sem perceber, fazendo com que seja importante saber onde estão os outros pilotos.

Os power-ups são a sua arma padrão para um aumento de velocidade, escudo traseiro, metralhadoras e foguetes. Eles são uma boa mistura. O aumento de velocidade permite que você alcance os outros quando estiver atrasado, ou irá colocá-lo mais adiante. O escudo traseiro defende contra disparos de metralhadoras e foguetes. A metralhadora faz com que os inimigos desviem do curso e o foguete destrói seu oponente.

O jogo apresenta uma campanha de um jogador e modos single-player e multiplayer. Você vai correr ao longo da campanha desbloqueando pistas e atualizações para seu veículo. Conforme você desbloqueia as pistas na campanha, elas ficam disponíveis no modo single-player e multiplayer.

GRIP: Combat Racing conta com o NVIDIA Ansel e o NVIDIA Highlights, permitindo aos jogadores capturar cenas fantásticas do game e gravar automaticamente os destaques da corrida. Lembre-se de fazer upload das suas capturas de tela do NVIDIA Ansel em nossa página Shot with GeForce. Abaixo, você pode ver algumas imagens do Ansel.

O desempenho do gameplay é excelente, com taxas de frames fluidas em todas as placas de vídeo GeForce. Os jogadores podem até jogar em 4K 60 FPS com a nova GeForce RTX 2070!

Os jogadores realmente gostaram de GRIP: Combat Racing. com uma pontuação de usuário muito positiva no Steam, com mais de 1.000 avaliações de usuários. E a imprensa também gostou:

Shacknews diz que “a declaração de amor da Caged Element aos games de corridas futuristas de outrora é uma estratégia sólida para converter a nostalgia em um game moderno de trabalho”.

Fullsync diz que “... o game parece ser visualmente impressionante, e os detalhes são incríveis, além de oferecer a mesma diversão de corrida de combate de alta octanagem de que eu me lembro, em um título completamente novo".

GRIP: Combat Racing está disponível agora no Steam.

GRIP: Combat Racing foi parte do nosso programa de desenvolvedores de games indie, o NVIDIA Indie Spotlight. Se você é um desenvolvedor de games indie, inscreva-se hoje mesmo!