Como Reduzir a Latência: Um Guia para Melhorar a Latência do Sistema

Por Seth Schneider on 1 de Outubro de 2020 | Featured Stories FramesWinGames GeForce RTX GPUs Guides NVIDIA Reflex

Se você quer aumentar a capacidade de resposta do gameplay mas não sabe como, este é o artigo ideal para você.

Neste guia, mostraremos como otimizar seu computador para reduzir a latência do sistema - que é o tempo que o clique do mouse leva para se transformar em pixels na tela. Se você não sabe o que é latência do sistema, confira o artigo sobre o NVIDIA Reflex publicado recentemente, que começa com uma visão geral e apresenta os conceitos de latência do sistema em detalhes.

Como um lembrete rápido, assista a este vídeo que mostra a diferença entre a latência da rede e a latência do sistema, o pipeline de renderização e algumas otimizações básicas que podem ser realizadas para reduzir a latência do sistema.

 

Este guia será atualizado com o tempo conforme a disponibilização de novas tecnologias e técnicas de redução da latência. Vamos lá.

A Abordagem

Ao otimizar a latência do sistema, recomendamos começar pela latência total do sistema e, depois, aprofundar-se no assunto.

A latência do sistema afeta os gamers de várias formas: precisão da mira, peeker's advantage e capacidade de resposta do computador. A latência do sistema é dividida em três partes: latência dos periféricos, latência do computador e latência do monitor.

Com a Análise de Latência do NVIDIA Reflex integrada aos futuros monitores G-SYNC 360Hz Esports, você pode mensurar a latência total do sistema, a latência dos periféricos e a latência do computador e do monitor. Porém, você pode começar mensurando uma parte do pipeline de latência com as estatísticas de latência in-game nos games com a tecnologia NVIDIA Reflex ou a métrica de latência da renderização do overlay de desempenho do GeForce Experience.

Como Otimizar a Latência dos Periféricos

Os mouses e teclados detectam e processam os pressionamentos das teclas e movimentos. O tempo de processamento pode variar dependendo das partes mecânicas usadas no periférico, das técnicas usadas para realizar a detecção de cliques e da taxa de atualização do dispositivo.

Nós, gamers, temos apenas algumas opções de otimização para mouses e teclados:

Aumente a taxa de atualizaçãoColoque a taxa de atualização do dispositivo no máximo. A taxa de atualização é a frequência com a qual o host USB (o computador) solicita informações do dispositivo. No caso de dispositivos de velocidade baixa ou total, o valor é 1.000 Hz. Com uma taxa de atualização mais alta, o mouse pode enviar cliques e movimentos mais frequentes ao computador.

Já uma taxa de atualização baixa, como 125 Hz, aumenta a latência do sistema, em média, em até 3 ms em comparação com a taxa de atualização de 1.000 Hz. Se a taxa de atualização do mouse for ajustável, acesse o software do dispositivo ou pressione um botão do mouse para encontrar essa opção.

Invista em um mouse/teclado de latência mais baixa — A latência dos mouses e teclados pode variar de 1 ms a cerca de 20 ms. No site Mousespecs.org, você encontra uma lista ótima de medições de latência por mouse que ajudará na escolha do dispositivo.  Observe, porém, que há outros fatores além da latência que precisam ser considerados ao escolher um mouse eficiente, como peso, taxa máxima de atualização, tecnologia sem fio e ajuste ergonômico.

Além disso, a sensibilidade do mouse não afetará significativamente a latência do dispositivo. Se o DPI for maior, não necessariamente a latência será mais baixa. Não fique com medo de diminuir o DPI se preferir uma sensibilidade mais baixa.

Como Otimizar a Latência do Computador

Geralmente, a latência do computador é a que mais contribui para a latência total do sistema. Ela abrange o sistema operacional, o game e as partes de renderização do pipeline de latência.

Se você quer otimizar a latência do sistema do computador, confira algumas dicas úteis:

Ative o NVIDIA Reflex — Se o NVIDIA Reflex estiver disponível no game, é extremamente recomendado ativar o Modo Baixa Latência do NVIDIA Reflex. Basta acessar as configurações no menu de opções do game e ativar a opção. Assim, a CPU enviará as informações para a placa de vídeo exatamente no momento em que elas serão renderizadas.

O Modo Baixa Latência do NVIDIA Reflex é compatível com placas de vídeo desde a série GTX 900. Confira a lista cada vez maior de games compatíveis para ver se você pode usar o NVIDIA Reflex.

Ative o Modo Latência Ultrabaixa Se o NVIDIA Reflex não estiver disponível, a melhor opção é ativar o Modo Latência Ultrabaixa do driver de vídeo da NVIDIA. Essa configuração também reduz a fila de renderização, mas a partir do driver, e não do game.

O NVIDIA Reflex é mais eficaz na redução da latência e funciona independentemente do Modo Latência Ultrabaixa da NVIDIA. Se o NVIDIA Reflex e o Modo Latência Ultrabaixa estiverem ativados, o NVIDIA Reflex substituirá a função do Modo Latência Ultrabaixa.

Ative o modo de tela cheiaSe possível, sempre use o modo de tela cheia exclusiva.  Assim, o gerenciador de janelas que gera latência será dispensado.

Geralmente, as opções do modo de exibição se encontram nas configurações de vídeo do game. Basta acessar as configurações e ativar o modo de tela cheia ou tela cheia exclusiva. No modo de janela sem bordas (tela cheia em janela) das atualizações recentes do Windows, a latência melhorou ligeiramente, mas, conforme nossos testes, ainda recomendamos a configuração de tela cheia.   

Desative o VSYNC — A famosa otimização da latência: desative o VSYNC. O VSYNC gera uma contrapressão no monitor que afeta todo o sistema. De modo geral, é recomendado desativar o VSYNC se você estiver disposto a tolerar os travamentos.

Além do Painel de Controle da NVIDIA, lembre-se também de desativar o VSYNC nas configurações in-game, só por garantia.

Porém, se você tiver um monitor com taxa de atualização variável, como um monitor NVIDIA G-SYNC, terá o dobro de vantagens: sem travamentos (se o FPS estiver abaixo da taxa de atualização) e nenhuma latência do VSYNC.

No caso de gamers usando G-SYNC que não querem nenhum travamento, se o VSYNC estiver ativado ao usar o NVIDIA Reflex ou o Modo Latência Ultrabaixa da NVIDIA na opção Ultra, o limite da taxa de frames ficará automaticamente abaixo da taxa de atualização, evitando a contrapressão do VSYNC, eliminando os travamentos e garantindo que a latência fique baixa se você passar a depender da placa de vídeo abaixo da taxa de atualização do monitor. Apesar disso, esse método proporcionará uma latência mais alta do que se você deixar o FPS sem limite com o NVIDIA Reflex ativado. 

A ativação do VSYNC no painel de controle só funcionará em softwares em tela cheia.  Além disso, não é possível ativar o VSYNC no painel de controle em notebooks baseados no MS Hybrid. Se você se encaixa em uma dessas categorias e quer usar o modo G-SYNC + VSYNC + Reflex, use o VSYNC in-game.

Ative o "Modo de Jogo" no WindowsAtive o Modo de Jogo do Windows para priorizar os processos relacionados ao game. Ele pode contribuir para a redução da latência, ajudando a CPU a se dedicar ao recebimento de entradas e à simulação do game.

Para ativar o Modo de Jogo:

  • Clique no menu Iniciar e selecione Configurações.
  • Selecione Jogos > Modo de Jogo.
  • Deslize o controle do Modo de Jogo para Ativado.

Overclock O overclock pode ser uma ótima forma de reduzir mais alguns milissegundos de latência do sistema. O overclock da CPU e da placa de vídeo pode reduzir a latência total do sistema.

Na versão mais atual do GeForce Experience, há um novo recurso que pode ajustar a placa de vídeo com apenas um clique. O ajuste automático examina a placa de vídeo, ajustando a curva ideal de voltagem/frequência à placa de vídeo específica. Faça download do GeForce Experience Beta, pressione ALT + Z para abrir o overlay, clique em "Desempenho" e teste-o em sua placa de vídeo GeForce RTX Série 20 ou 30 hoje mesmo.

Considere Hardware Mais Rápido O número de otimizações que é possível realizar no software é limitado. A melhor forma de garantir a latência mais baixa será, em algum momento, investir em hardware mais rápido. Uma CPU e uma placa de vídeo mais rápidas podem reduzir consideravelmente a latência do sistema.

Sobre as Latências do Game e da Renderização do SDK Reflex in-game:

Se a Latência do Game for alta, considere adquirir uma CPU mais rápida.

Se a Latência da Renderização for alta, considere adquirir uma placa de vídeo mais rápida, como uma das placas de vídeo GeForce RTX Série 30.

É possível mensurar a Latência da Renderização de qualquer game pelo overlay de desempenho do GeForce Experience.

Reduza as configuraçõesComo último recurso, reduza as configurações in-game para melhorar a latência em detrimento da qualidade da imagem.

Antes do NVIDIA Reflex, os gamers precisavam escolher entre configurações gráficas melhores ou uma latência mais baixa.  Com o Modo Baixa Latência do NVIDIA Reflex, os gamers podem aumentar as configurações gráficas e a resolução sem aumentar significativamente a latência. A latência só aumenta com o tempo de renderização da placa de vídeo.

Otimização Avançada da Latência do Computador

Há outros pequenos ajustes que podem ser realizados para ajudar a reduzir a latência, como o modo MSI, combinação de gravação no cache da placa de vídeo, modos precisos de programação de processos, afinidade de CPU de interrupção, tempo ocioso do processador e compartilhamento de IRQs. Porém, essas otimizações dependem da situação e podem, na verdade, piorar a latência em alguns casos. Recomendamos testá-las em seu sistema e tentar descobrir quais modos são mais adequados para a configuração específica do sistema.

As configurações não são mutuamente excludentes ou inclusivas. No futuro, falaremos sobre cada um desses ajustes em detalhes e ajudaremos você no processo de testagem.

Como Otimizar a Latência do Monitor

A latência do monitor pode ser dividida em três elementos principais: scan-out, processamento do monitor e resposta dos pixels.

Se você quiser otimizar a latência do monitor, confira algumas opções:

Ative a taxa máxima de atualização — Verifique se a taxa máxima de atualização do monitor está ativada. Quanto mais alto for o valor de Hz, menor será a latência do scan-out.

Para ter certeza de que a taxa de atualização do monitor está no máximo, abra o Painel de Controle da NVIDIA -> Mudar Resolução -> Taxa de Atualização. Ajuste a taxa de atualização para a mais alta possível. Talvez seja preciso mudar a resolução para a original para ativar a taxa máxima de atualização.

Ative o modo de Esports do G-SYNC — Se você tiver um monitor com o modo Esports do G-SYNC, ative a opção para garantir que configurações como luz de fundo variável sejam desativadas e o monitor funcione com o desempenho máximo, reduzindo a latência do processamento do monitor.

Ative o overdrive — Configure uma quantidade razoável de overdrive para ajudar a melhorar o tempo de resposta dos pixels. Recomendamos começar no primeiro nível de overdrive. Na maioria dos monitores, é a configuração "Normal". Essa configuração pode ser definida no menu de configurações do monitor na exibição na tela. Porém, se o overdrive estiver muito alto, poderão surgir efeitos incômodos que reduzirão as vantagens do tempo de resposta.

Invista em um monitor com uma taxa de atualização mais alta — Invista em um monitor com uma taxa de atualização mais alta e um tempo de resposta dos pixels mais rápido, como os novos monitores G-SYNC de 360 Hz.

Em geral, o aumento do valor de Hz é a melhor forma de reduzir a latência do monitor.

O gráfico acima mostra como uma taxa de atualização mais alta pode reduzir a latência total do sistema em Valorant.  Com um limite de 59 FPS, é possível ver como a latência total do sistema diminui, mesmo com taxas de atualização mais altas que a taxa de frames.  Independentemente do FPS, quanto maior o valor de Hz, menor será a latência do monitor.  Porém, para garantir uma latência do sistema mais baixa, é preciso que o FPS e o valor de Hz sejam altos.

Resumindo

Otimizar a latência do sistema pode parecer um desafio. Se você joga games compatíveis com o NVIDIA Reflex, é extremamente recomendado ativar o Modo de Baixa Latência. A NVIDIA tem o compromisso de oferecer aos gamers as ferramentas necessárias para mensurar e reduzir a latência do sistema com facilidade, como o NVIDIA Reflex, as placas de vídeo GeForce e os monitores G-SYNC Esports.

Se você tiver alguma dúvida, entre na comunidade e fale sobre suas experiências de otimização nos fóruns do NVIDIA Reflex.