NVIDIA DLSS: Disponível em Rust, DOOM Eternal, LEGO Builder's Journey e Mais Neste Mês

Por Andrew Burnes on 21 de Junho de 2021 | Featured Stories GeForce RTX GPUs NVIDIA DLSS NVIDIA RTX Ray Tracing

.O NVIDIA DLSS acelera o desempenho em mais de 55 games, inclusive os títulos mais bem avaliados e jogados, como Call of Duty: Warzone, Control, Cyberpunk 2077, Fortnite, Metro Exodus PC Enhanced Edition, Minecraft for Windows 10 e muito mais.

Hoje anunciamos que, em 1º de julho, o DLSS será disponibilizado no famoso game de sobrevivência multiplayer da Facepunch Studios, Rust. A tecnologia já está disponível em Necromunda: Hired Gun e Chernobylite. Amanhã, com uma atualização do driver de vídeo do Linux, também ofereceremos suporte para games com DLSS da API Vulkan no Proton.

Esse é mais um dos cinco títulos com DLSS anunciados recentemente, como LEGO® Builder’s Journey em 22 de junho, DOOM Eternal em 29 de junho e Red Dead Redemption 2. Neste mês, o DLSS já foi disponibilizado em Rainbow Six Siege, No Man's Sky e The Persistence e como um plug-in na Unreal Engine 5.

NVIDIA DLSS Já Disponível na Unreal Engine 5 e em Breve na Unity 2021.2

O NVIDIA DLSS está disponível como um plug-in gratuito para as engines de games mais usadas do setor: o plug-in do DLSS para Unreal Engine 4 foi lançado em fevereiro, o suporte para Unity será oferecido na versão 2021.2, e o plug-in do DLSS para Unreal Engine 5 foi lançado em 17 de junho. As integrações às engines facilitam e agilizam a adoção do DLSS pelos desenvolvedores em seus games.

"O plug-in para Unreal Engine 4 facilita a adição do NVIDIA DLSS ao game. Na verdade, conseguimos fazer isso em um fim de semana. "A apresentação de System Shock para uma nova geração de gamers animou a equipe, e não temos dúvida de que o impacto do NVIDIA DLSS na experiência do gamer será incrível", afirmou Matthew Kenneally, Líder de Engenharia da Night Dive Studios.

Além disso, os desenvolvedores adicionaram o DLSS a várias engines internas, agilizando ainda mais a disponibilização da tecnologia nos próximos títulos.

O NVIDIA DLSS é usado por várias empresas do setor porque permite que os desenvolvedores ofereçam experiências de melhor qualidade a mais gamers. Os gamers podem dobrar ou, em alguns casos, até mesmo triplicar as taxas de frames ao ativar o DLSS. Assim, um número maior de pessoas pode jogar com as mais altas resoluções e com gráficos impressionantes.

Suporte do NVIDIA DLSS para o Linux Proton

O suporte do NVIDIA DLSS para games da API Vulkan estará disponível a partir de 22 de junho no Proton, permitindo que os gamers do Linux usem os Tensor Cores de AI exclusivos das placas de vídeo GeForce RTX para acelerar as taxas de frames em DOOM Eternal, No Man’s Sky e Wolfenstein: Youngblood. No próximo trimestre, será oferecido suporte para títulos DirectX aprimorados pelos DLSS executados pelo Proton.

NVIDIA DLSS: Como Funciona

O NVIDIA DLSS é um algoritmo de AI de super-resolução acelerado pelos Tensor Cores das placas de vídeo GeForce RTX. A super-resolução é o processo de prever, com precisão, uma resolução de saída mais alta (por exemplo, 4K) a partir de uma resolução de entrada mais baixa (por exemplo, 1080p). Ele permite que o game seja renderizado em 1080p, aumentando as taxas de frames, usando AI e dados da engine do game para oferecer a qualidade de imagem de uma resolução nativa em 4K.

Para gerar uma resolução 4K (8,2 milhões de pixels) com DLSS a partir de uma resolução de 1080p (2 milhões de pixels) do game, o algoritmo precisa prever mais 6,2 milhões de pixels. Quanto mais informações o algoritmo do DLSS receber desses pixels, melhor será a resolução em 4K resultante.

O DLSS garante uma qualidade de imagem excelente usando quatro entradas diferentes para exibir os frames finais na tela:

  1. A imagem de resolução mais baixa renderizada pela engine do game (por exemplo, 1080p)
  2. Os vetores de movimento de baixa resolução das mesmas imagens, também gerados pela engine do game. Os vetores de movimento indicam ao algoritmo os objetos de direção na cena que passam de frame para frame
  3. A alta resolução de saída do frame aprimorado por DLSS anterior (4K)
  4. Um grande conjunto de dados de imagens de valor de referência com resolução em 16K de diferentes tipos de conteúdo de games usado para treinar a rede de AI

Um tipo especial de rede de AI, chamada de codificador automático convolucional, pega o frame de baixa resolução atual, os vetores de movimento e o último frame de alta resolução para determinar, pixel por pixel, como gerar um frame atual de resolução mais alta.

Ao analisar os vetores de movimento e a alta resolução de saída anterior, o DLSS pode monitorar objetos de frame a frame, proporcionando estabilidade no movimento e reduzindo artefatos piscantes. Esse processo é conhecido como "feedback temporal", pois ele usa o histórico para informar o futuro.

Com acesso aos frames e vetores de movimento anteriores, o DLSS pode monitorar cada pixel e pegar várias amostras do mesmo pixel nos frames (conhecido como supersampling temporal), oferecendo mais detalhes e qualidade de borda do que as soluções tradicionais de redimensionamento.

Por ser treinado com um grande conjunto de dados de imagens de resolução em 16K, o algoritmo do DLSS aprende a prever frames de alta resolução com mais precisão. Além disso, por meio do treinamento contínuo nos supercomputadores da NVIDIA, o DLSS aprende a processar novos tipos de conteúdo, do fogo à fumaça e aos efeitos de partículas, em um ritmo que os engenheiros que codificam manualmente algoritmos sem AI não conseguem acompanhar.

Com os Tensor Cores da GeForce RTX oferecendo até 285 teraflops de potência de AI dedicada, o NVIDIA DLSS pode ser executado em tempo real simultaneamente com um game 3D intenso.

NVIDIA DLSS x Redimensionamento e Nitidez

Há diversos métodos alternativos de redimensionar a resolução, mas nenhum atinge a qualidade de imagem do DLSS. Para entender melhor como o DLSS garante resultados excelentes, é importante saber como o redimensionamento tradicional funciona.

A NVIDIA oferece uma solução de redimensionamento e nitidez com placa de vídeo chamada NVIDIA Image Sharpening (NIS), que está disponível para todos os games de todas as placas GeForce RTX e GeForce GTX pelo Painel de Controle da NVIDIA.

Para ativar o NVIDIA Image Sharpening, abra o Painel de Controle da NVIDIA, acesse "Manage 3D Settings" (Gerenciar configurações 3D), ative a opção Image Sharpening (Nitidez da imagem) e selecione "GPU Scaling" (Redimensionamento com a placa de vídeo). Depois, escolha a resolução desejada nas configurações do game, e o redimensionamento e a nitidez da NVIDIA serão aplicados automaticamente.

O NVIDIA Image Sharpening redimensiona as imagens calculando a média dos pixels vizinhos (usando um dimensionador de cinco toques das placas de vídeo GeForce RTX e GeForce GTX Série 16) e usando um filtro de nitidez adaptável (um shader) para aprimorar as bordas. Ao contrário do DLSS, o algoritmo não usa AI e não é temporal, recorrendo apenas a informações da imagem atual de baixa resolução renderizada pelo game como entrada. Embora a qualidade da imagem resultante geralmente seja melhor que a de opções comuns de dimensionamento da resolução do monitor ou in-game, ela não tem os dados temporais nem a AI do DLSS para oferecer detalhes de resolução nativa e estabilidade maior entre os frames.

Para ver a tecnologia em ação, veja a comparação entre o conteúdo nativo, com DLSS e dimensionado e aprimorado pelo NIS:

 

Como você pode ver, o DLSS estabiliza a imagem em comparação com a imagem redimensionada e até mesmo a resolução nativa. Só é possível obter esses resultados com uma combinação dos vetores de movimento, do feedback temporal e do algoritmo avançado de AI.

Para entender a importância da AI em tudo isso, veja uma comparação entre a versão inicial do DLSS em Control, que usava uma heurística sem AI, e o DLSS 2.0, que usa AI. Ao ser treinado com imagens de valor de referência com resolução em 16K, o DLSS 2.0 aprende a capturar pequenos detalhes e processar melhor conteúdo difícil, como o ventilador girando.

 

Vídeo capturado em Control em 1920x1080 com a versão inicial do DLSS lançada em Control e com o DLSS 2.0

Rust Ganha NVIDIA DLSS em 1º de Julho

A Facepunch Studios disponibilizará o NVIDIA DLSS em Rust em 1º de julho, acelerando o desempenho para gamers GeForce RTX. A novidade vem depois da adição do NVIDIA Reflex em maio, que reduziu a latência do sistema em até 38%, diminuindo o tempo de resposta no gameplay e aumentando a competividade dos gamers.

"É com prazer que anuncio a disponibilização do NVIDIA DLSS em Rust em 1º de julho. Em Rust, é importante reagir com rapidez para sobreviver, e o NVIDIA DLSS oferece aos gamers um aumento de desempenho, sem afetar a qualidade visual, e uma experiência geral melhor. Todo mundo sai ganhando."- Helk, Designer, Programador e Líder de Projeto de Rust

Com o NVIDIA DLSS e o NVIDIA Reflex, os gamers GeForce RTX terão a melhor experiência em Rust, com os níveis mais altos de desempenho e o menor tempo de resposta possível no gameplay. Confira o artigo no dia 1º de julho para obter mais informações.

LEGO Builder's Journey É Lançado em 22 de Junho com Ray Tracing e NVIDIA DLSS

A edição para PC de LEGO® Builder’s Journey foi lançada em 22 de junho com vários efeitos com Ray Tracing e NVIDIA DLSS. Esse game visualmente incrível de quebra-cabeças geométricos tem um cenário cheio de blocos LEGO e fica ainda mais impressionante com efeitos com Ray Tracing ativados e configurações máximas.

 

"Todo mundo conhece e gosta dos blocos da LEGO. O Ray Tracing e o NVIDIA DLSS com tecnologia GeForce RTX dão vida ao mundo LEGO, com visuais impressionantes e desempenho fluido." - Mikkel Fredborg, Líder de Tecnologia, Light Brick Studio

LEGO Builder's Journey apresenta diversos efeitos que aumentam muito a qualidade da imagem. A Iluminação Global com Ray Tracing faz com que a luz seja refletida de modo realista e as luzes coloridas atinjam todas as superfícies, melhorando a aparência das fases com blocos LEGO.

Os Reflexos com Ray Tracing refletem precisamente todos os materiais baseados em física do mundo, além das fontes de luz globais, como o sol, as luzes principais e as luzes de preenchimento da cena. Os materiais ásperos têm reflexos dispersos, e as superfícies brilhantes refletem cada detalhe com naturalidade, revelando a parte inferior complexa dos blocos. As bordas arredondadas dos blocos e as formas esféricas refletem a luz global corretamente como tons brilhantes de cores, e a aparência geral do mundo fica muito mais realista.

A Oclusão de Ambiente com Ray Tracing garante que todos os cantos sejam sombreados com precisão onde a luz é bloqueada e aumenta a precisão da iluminação, evitando o escurecimento excessivo de áreas que devem ser bem iluminadas.

Além disso, as sombras com Ray Tracing atingem até mesmo os mínimos espaços entre os blocos, onde a rasterização limita a definição e a integridade. O mundo construído com blocos do game parece real, pois as sombras mantêm sua forma como no mundo real, melhorando ainda mais a definição, os detalhes e o realismo.

Com a opção personalizada do menu de gráficos, é possível ativar e desativar configurações individuais de Ray Tracing para ver o efeito no mundo do game. No menu, também é possível ativar o NVIDIA DLSS para acelerar o desempenho em até 92%:

Jogue LEGO Builder's Journey no GeForce NOW, com Ray Tracing e NVIDIA DLSS

Mesmo sem um PC compatível com Ray Tracing, você pode conferir a beleza de LEGO Builder's Journey com Ray Tracing no GeForce NOW, o serviço de streaming de games na nuvem da NVIDIA. Além dos benefícios dos reflexos com Ray Tracing e do DLSS em LEGO Builder’s Journey, os membros dos planos Founders e Prioritário têm acesso prioritário a servidores de games na nuvem e sessões mais longas para jogar por mais tempo.

Com o GeForce NOW, os gamers podem jogar os títulos para PC que eles já têm, como LEGO Builder's Journey, adquiridos de lojas digitais populares como Steam, Ubisoft Connect, Epic Games Store e GOG.

 

DOOM Eternal Será Aprimorado com Ray Tracing e NVIDIA DLSS em 29 de Junho

Na COMPUTEX, revelamos a atualização RTX de DOOM Eternal, que usa o Ray Tracing da Khronos Vulkan para reflexos, funcionando em conjunto com o NVIDIA DLSS. No trailer de estreia mundial, DOOM Eternal foi exibido em execução em uma GeForce RTX 3080 Ti em 4K com Ray Tracing ativado, mostrando a incrível fidelidade visual e a ação alucinante do game como nunca.

Agora, podemos anunciar que a atualização RTX de DOOM Eternal será lançada no dia 29 de junho. Acesse GeForce.com no dia para ver mais informações, gráficos de desempenho e muito mais.

"DOOM Eternal foi criado para oferecer o melhor gameplay de shooters em primeira pessoa, com efeitos visuais impressionantes e um desempenho perfeito. Com a adição do Ray Tracing à idTech e o suporte para o NVIDIA DLSS, podemos melhorar a engine de formas inovadoras. Queremos que os gamers GeForce RTX tenham essa experiência logo." - Marty Stratton, Diretor de Estúdio, id Software

Tom Clancy’s Rainbow Six Siege com NVIDIA DLSS Já Disponível

Na COMPUTEX 2021, no início deste mês, anunciamos que Rainbow Six Siege receberia o NVIDIA DLSS. Na semana passada, a tecnologia foi lançada como parte da atualização Ano 6, Temporada 2, North Star, aumentando o desempenho em até 50% em 4K na versão Vulkan e permitindo que todas as placas de vídeo GeForce RTX rodem a mais de 100 FPS em 4K com todas as configurações máximas.

 

As resenhas já foram publicadas, e o DLSS é um sucesso:

  • "Rainbow Six Siege ficou muito melhor com o NVIDIA DLSS" - TechRadar
  • "Um grande aumento de desempenho" - Hot Hardware
  • "Os gamers GeForce terão a melhor experiência gamer em Rainbow Six Siege no PC" - Invision

Veja mais informações e saiba como ativar o DLSS no game no artigo dedicado a Rainbow Six Siege com NVIDIA DLSS.

Necromunda: Hired Gun Já Disponível com NVIDIA DLSS

O novo shooter em primeira pessoa da Streum On Studio e da Focus Home Interactive, Necromunda: Hired Gun, foi lançado no início deste mês com suporte para o NVIDIA DLSS. No título, os gamers conhecem Warhammer 40,000 Hive World, um mundo agitado, cheio de ação e crimes no qual você joga como um assassino de aluguel sem piedade.

 

O NVIDIA DLSS dobra o desempenho em 4K, permitindo que todos os usuários das placas de vídeo GeForce RTX Série 30 joguem a mais de 60 FPS:

Faça download e instale o driver Game Ready mais atual para otimizar sua experiência ao usar o NVIDIA DLSS para acelerar o desempenho.

Zona de Exclusão de Chernobylite Recebe NVIDIA DLSS

Chernobylite, da The Farm 51, remonta a Zona de Exclusão de Chernobyl com fotogrametria escaneada em 3D e adiciona outros elementos naturais para criar um game bem avaliado de terror e sobrevivência. O acesso antecipado ao título começa em 28 de julho.

 

Para acelerar o desempenho, o NVIDIA DLSS foi adicionado ao game, permitindo que você defina as configurações máximas em 4K e tenha a melhor experiência em Chernobylite. Com o DLSS, o desempenho aumenta em até 80%, permitindo que todas as placas de vídeo GeForce RTX rodem o game a mais de 60 FPS:

No Man’s Sky com NVIDIA DLSS Já Disponível

Recentemente, anunciamos que No Man’s Sky, da Hello Games, receberia uma atualização do DLSS que aprimora o desempenho não só em computadores e notebooks, mas também no modo imersivo com realidade virtual.

 

A atualização já está disponível, então abra sua aplicação de games, faça download da atualização e ative o DLSS para aumentar o desempenho em até 70%.

The Persistence: Enhanced Já Disponível com Ray Tracing e NVIDIA DLSS

Recentemente, revelamos que The Persistence ganharia vários efeitos com Ray Tracing e NVIDIA DLSS, oferecendo aos gamers GeForce RTX a melhor experiência.

 

A atualização "Enhanced" traz esses recursos para o game, que foi lançado na semana passada. Se você gosta de shooters roguelike de terror e ficção científica em primeira pessoa, acesse o Steam e experimente.

Como Sempre, Vem Mais por Aí

Com o recente lançamento do NVIDIA DLSS para vários games, já são mais de 55 disponíveis para jogar. O NVIDIA DLSS está disponível como um plug-in gratuito para as engines de games mais usadas do setor, como Unreal Engine 4 e 5, e será disponibilizado para Unity 2021.2.

Como sempre, fique ligado em GeForce.com para conferir todos os próximos anúncios do DLSS, do Ray Tracing e do Reflex.